O corpo é que paga

A velha música do Variações bem poderia servir de mote à minha actual situação física. Uma tosse que não me larga, parece que as entranhas vão sair a qualquer momento, uma febre que fas os ossos baterem uns nos outros e criar um novo estilo musical. Resumindo, durmo com dois edredons, um pullover e um lenço na cabeça para me tapar as orelhas. Acreditem que não é uma imagem feliz da minha pessoa. Mais pareço um leproso!

O pior é que ao copntrário da música do Variações, a cabeça teve de facto juízo e, contudo, o corpo é que pagou.

Já deixei Telavive para trás. Dizem que é a cidade que nunca dorme. Não faço ideia! O que eu sei é que para mim foi a cidade do «xi-xi e cama». Mas de facto impressiona a mentalidade aberta e cosmopolita, a par com a variedade de caras. É de facto um melting-pot formidável que não consegui viver em pleno.

Agora estou já em Tiberíades, nuym razoável hotel com vista para o Mar da Galileia. No fundo é um lago onde se encontram as maiores reservas de água doce de Israel e que tem a particularidade de se encontrar a mais de 400 metros abaixo do nível do mar, o que o torna único no seu género. Para dizer a verdade não tenho muito para contar sobre o local, acabei de chegar. Apenas posso dizer que jantei mal e que o expresso aqui é uma trampa. Ah, convém também dizer que o hotel está cheio de pessoas cuja idade mínima deve rondar os 75 anos. Ao menos neste aspecto promete ser calmo! 🙂

Amanhã a aventura continua, com uma visita matinal a Safed, um almoço no museu da Senhora Nassi e um pulo ao Mar Morto. Isto se entretanto eu não pifar de vez com esta gripe maldita.

Shalom Alehem

Anúncios

6 comentários

Filed under Israel

6 responses to “O corpo é que paga

  1. ana

    as melhoras…vê se ficas bem e aproveita…
    quem me dera…
    beijos

  2. Cátia

    ohhhh…é pena que não estejas a aproveitar ao máximo a estadia….ve se melhoras rápido!! beijocas

  3. Maria

    Caro Sr. Ruben,
    Sou estudante de Turismo/Gestão Hoteleira, no INP e comecei a ler o que escreve na Publituris, e encontrei o seu blog por acaso, qd fazia uma pesquisa de blogs de viagens na net, quero congratula-lo, a forma com escreve leva-nos aos locais por onde passa.
    Tem programada alguma viagem a Moçambique, ou já lá esteve? Escreva sobre esse destino, vou trabalhar para lá, será uma forma de eu conhecer este país antes de aterrar nessa aventura para mim desconhecida!
    Muito obrigada pela sua partilha,
    Maria Camara

    • robadia

      OLá Maria,
      Faz muito bem em ir para Moçambique. Já lá fui duas vezes, uma em 1997 e outra em 2010 e adorei. Seria um sítio onde me imaginaria a viver, algures perto do Arquipélago das Quirimbas.
      Ruben

  4. Maria

    É verdade, espero que melhore rápido, para aproveitar essa viagem fantástica!

  5. NG

    Shalon 🙂
    Espero que estejas recuperado!
    Bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s